Precisamos usar suplementos ou não?

By 17 de setembro de 2018Merenda saudável

Se você deseja receber uma resposta pronta, infelizmente não vai encontrar aqui. Acredito que a melhor resposta seja: DEPENDE. Sinto que ultimamente a guerra do sei tudo e defendo com unhas e dentes também chegou ao mundo da nutrição. Tem pessoas que acreditam em determinadas linhas e vão de alguma maneira tentar te convencer que estão certas e que você está fazendo tudo errado. Quem nunca leu um texto ou viu na mídia alguma opinião sobre o carboidrato? Provavelmente o assunto suplementação seja tão polêmico quanto.

Existem diversos cenários que renderiam até uma tese de mestrado, mas nem assim conseguiria concluir o assunto. O ideal seria que todos nós obtivéssemos nossas necessidades nutricionais ingerindo alimentos. Todos teríamos uma alimentação balanceada, diversificada, 90% vindo de alimentos verdadeiros, ricos em nutrientes, vitaminas e minerais essenciais, sem serem geneticamente modificados, sem agrotóxicos, pesticidas ou hormônios. Que água que ingeríssemos fosse limpa, sem resíduos de agrotóxicos, plástico, remédios que ingerimos e damos para os animais. Se a realidade fosse essa ninguém precisaria de suplementação.

De forma geral a maioria das pessoas acreditam que as grávidas devem usar suplementos, principalmente o ácido fólico. Acho maravilhoso o milagre da gravidez, os noves meses entre a concepção e o nascimento são tão enigmáticos. Como pode uma criança ser formada assim? De onde vem os nutrientes necessários para que esse processo ocorra? A Mãe precisa ingerir nutrientes para ela e para o bebê em formação. Nesse caso acredito que mesmo que a pessoa se alimente muito bem seja mais difícil ingerir toda a quantidade necessária.

Se a pessoa é vegetariana e principalmente vegana existe uma preocupação com os níveis de vitamina B12, pois as fontes mais conhecidas dessa vitamina são de origem animal. Quer dizer que quem é carnívoro não terá deficiência dessa vitamina? Não, porque pessoas com algum desequilíbrio no sistema digestivo têm mais dificuldade para absorver bem os nutrientes e consequentemente podem ter deficiência de B12.

Enquanto muitas pessoas passam por momentos de estresse de vez em quando, algumas estão vivendo com o estresse crônico. Como o sistema de resposta ao estresse não foi projetado para ser constantemente ativado, o impacto disso na saúde e no bem-estar pode ser significativo. O estresse crônico pode ter grande impacto sobre nossos hábitos alimentares e digestão, levando a flutuações do apetite e problemas digestivos. Se nosso sistema digestivo não estiver funcionando bem, iremos absorver menos nutrientes e com deficiências de nutrientes teremos mais dificuldades de lidar com o estresse. E para piorar a situação, provavelmente a maioria das pessoas que sofrem com o estresse crônico não se alimentam bem, apenas de produtos convenientes. Isso aumenta ainda mais a necessidade por nutrientes.

Em nenhum caso o suplemento é a solução mágica, mas em diversos casos, desde que bem orientado bom ser muito útil. A qualidade da vitamina e/ou mineral também é muito importante. Existem diversos produtos no mercado que usam matérias primas de péssima qualidade e que não são absorvidas pelo corpo.

A autora deste texto é Camila Lobato, nutricionista holística, certificada pela Canadian School of Natural Nutrition – Canadá. Brasileira, atualmente mora na Alemanha. Atende clientes de diversos lugares do mundo, realizando consultas em português e inglês; pessoalmente ou via Skype/Whatsapp, além de continuar escrevendo para o blog www.sersimples.org. Instagram: @camilanutricao e website: www.camilalobato.com

Convidados Merendeira

Author Convidados Merendeira

More posts by Convidados Merendeira

Leave a Reply